A sua vida nunca mais vai voltar ao normal


Publicado em 29/06/2020 08:57 Atualizado em 29/06/2020 09:05
 
 

Foi isso que eu ouvi de uma amiga recentemente. A frase me soou como um tapa no rosto. “Sua vida nunca mais vai voltar ao normal depois da pandemia.” Como assim? Como você pode ter tanta certeza? Do que você sabe que eu não sei? É claro que a minha vida vai voltar ao normal. Você vai ver. Isso é alarme falso.

Mas, conforme a conversa foi se alongando, a reflexão passou a ser um pouco mais profunda. “Normal”, segundo o dicionário, é aquilo que está conforme a regra, conforme a norma. A vida normal, na verdade, está muito longe de ser a vida ideal ou a vida desejada. A vida normal é simplesmente aquela que se encaixou na norma imposta nos nossos quotidianos.

E então vem a pergunta desconfortável: a sua vida pré-pandemia é a vida para a qual você quer voltar no pós-pandemia? Não há nada (ou não há muito) nela que você gostaria de mudar? Trata-se de um local de desejo ou trata-se de um local de mero conforto?

Sem dúvida há pontos na vida para os quais todos queremos voltar. Abraços sem medo, convivências sem distância, sorrisos sem máscaras. Isso é praticamente unânime. Mas há pontos que, se antes já eram questionados, nesta fase passam a ser inevitavelmente alvo de grandes crises internas.

Quantos pais passavam tanto tempo longe dos filhos em suas rotinas de trabalho e, descobriram, nesta fase, um universo novo da convivência? Quantas pessoas não tinham tempo para ler, para assistir a séries, para cozinhar e para ouvir música? Quantas pessoas passavam horas inúteis no trânsito? Quantos casais só se encontravam na hora de deitar para dormir?

É claro que nada foi fácil nessa fase. Os conflitos, a convivência, a sobrecarga com a casa, com as crianças, com o trabalho. Estamos todos com uma visão da vida ainda um pouco turva. Mas será que a solução é desejar, pura e simplesmente, o retorno para o status quo? Para aquela vida da qual tantos de nós reclamávamos constantemente e que, de repente, se transformou num falso oásis?

A pandemia trouxe muitas novas oportunidades de reflexão. Mas quem apenas reflete sobre o retorno da rotina, perde uma oportunidade inédita de rever a vida. Trata-se, na verdade, numa oportunidade de rever valores. O que vinha em primeiro lugar na escala de prioridades da sua vida é o que realmente deveria estar nessa posição?

Sinceramente, hoje acho que as nossas vidas realmente não voltarão ao normal. As coisas mudaram de uma forma que já não há volta a dar. E, depois de pensar um pouco, percebo que isso é uma coisa verdadeiramente boa. Preferia que não tivesse sido preciso uma verdadeira catástrofe para revermos prioridades. Mas foi assim. Só tenho pena, sinceramente, de quem decidir passar por tudo isso, para simplesmente permanecer no mesmo lugar.

Autora: Ruth Manus

ArautoFM





RADIO ARAUTO FM - VERA CRUZ
(51) 3718-3800 (estúdio)
(51) 3718-3400 (comercial)
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
RADIO ARAUTO FM - SANTA CRUZ DO SUL
(51) 2109-0066 (recepção)
Rua Venâncio Aires, esq. Galvão Costa, nº 5
Santa Cruz do Sul - CEP: 96810-204
Copyright © 2017 Rádio Arauto FM - www.arautofm.com.br | DB New