Não perca mais tempo


Publicado em 06/12/2018 Atualizado em 06/12/2018 08:50

Eu acho que, às vezes, a gente vive tão mal que precisa perder as pessoas pra descobrir o valor que elas têm. Às vezes, as pessoas precisam morrer pra gente saber a importância que elas tinham e isso aconteceu comigo. Estava eu na minha casa, numa manhã, quando recebi um telefonema informando que minha irmã estava morta... Minha irmã, cheia de vida, de repente não existia mais.

Fico pensando que, às vezes, o ensinamento mais doído seja esse, quando na vida nós já não temos mais a oportunidade de fazer alguma coisa. 

Eu me lembro que uma semana antes de minha irmã morrer, ela havia me ligado, foi a última vez que eu falei com ela e eu me recordo que, naquele dia, eu estava apressado com muita coisa pra fazer e fiz questão de desligar o telefone rápido. Sabe quando você fala, mas fala na correria porque você tem muita coisa pra fazer? E foi assim. Se eu soubesse que aquela era a última oportunidade de ouvir minha irmã, de vê-la, de olhar nos olhos dela, de falar com ela, eu certamente teria esquecido toda a pressa. Porque quando você sabe que é a ultima oportunidade, você não tem pressa pra mais nada, já não há mais o que eu fazer.

E eu descobri com a morte da minha irmã que eu não tenho o direito de esperar amanhã pra dizer que amo, pra perdoar, para abraçar, declarar o quanto a pessoa é importante e especial para mim.
Não! O amanhã eu não sei se existe, mas o agora eu sei que existe... Eu me lembro quantas vezes na minha vida de irmão com ela nós passávamos uma semana sem nos falarmos, por que houve uma briga, uma confusão. A gente se dava o luxo de passar uma semana sem se falar, e hoje eu não tenho mais nem 5 minutos pra conversar com alguém que foi importante, que foi parte de mim.
Não espere as pessoas morrerem, irem embora, não espere o definitivo bater na sua porta, nós não conhecemos a vida e não sabemos o que virá amanhã. Viva como se fosse o último dia da sua história!

À véspera de sua morte, Jesus reuniu aqueles que amava e, inclusive seu traidor, para uma última ceia juntos.

Se hoje você tivesse que realizar a sua última ceia, porque seria o último dia de sua vida, certamente não teria tempo pra pressa. Você celebraria até o fim e gostaria de ficar no lado de quem você ama. Viver o cristianismo é fazer a dinâmica da última ceia todos os dias. Viva como se fosse o último dia da sua vida, viva como se fosse a última oportunidade de amar quem você ama, de olhar nos olhos de quem pra você é especial.

Para amar só temos o HOJE.

Autor: Padre Fábio de Melo

ArautoFM




RADIO ARAUTO FM - VERA CRUZ
(51) 3718-3800 (estúdio)
(51) 3718-3400 (comercial)
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
RADIO ARAUTO FM - SANTA CRUZ DO SUL
(51) 2109-0066 (recepção)
Rua Venâncio Aires, esq. Galvão Costa, nº 5
Santa Cruz do Sul - CEP: 96810-204
Copyright © 2017 Rádio Arauto FM - www.arautofm.com.br