As 5 linguagens do amor


Publicado em 08/11/2018

Que todo ser humano é único, isso todos nós sabemos. O que muitas vezes deixamos passar e acabamos não dando importância é justamente para as particularidades de cada um, colocando a nossa forma de enxergar o mundo ao nosso redor como prioridade sobre as outras pessoas.

Você sabia que cada pessoa expressa amor de uma maneira diferente? Gary Chapman, autor do livro “As cinco linguagens do amor”, nos mostra as principais formas que utilizamos para nos expressar. São elas:

Palavras de afirmação

São sentenças expressas em elogios como “O jantar estava ótimo”, afirmações como “Acho que você faz isso muito bem” e incentivos como “Vai dar tudo certo”. Existem pessoas que utilizam este tipo de linguagem para expressar o seu amor por alguém e aqueles que se sentem altamente valorizados quando escutam afirmações como estas e muitas outras.

Qualidade de tempo

Diz respeito à dedicação de um tempo exclusivo, ainda que pequeno, aqueles que você mais ama e deseja ter por perto. As expressões ou dialetos podem ser: conversas de qualidade, passeios, assistir televisão juntos, ir ao cinema, marcar encontros com amigos mais próximos pelo menos uma vez por semana, assim por diante.

Acredito que esta seja uma das linguagens mais essenciais na atualidade. Acontece que, com a correria e a quantidade de demandas que necessitam da nossa atenção diariamente, acabamos deixando de passar um tempo ou de encontrar pessoas que são importantes para a nossa existência em si. Mais do que presentes, o que essas pessoas de fato querem e merecem é que estejamos com elas de corpo e alma, sem preocupações aparentes.

Presentes

Nesta linguagem o que menos importa é o valor financeiro, pois o amor pode ser expressado por meio de uma flor, uma pizza ou uma joia, por exemplo. O importante aqui é o valor simbólico do que é presenteado, uma vez que a pessoa que o recebe se sente imensamente grata, feliz e realizada quando percebe a importância e o significado que tem em sua vida.

Para as pessoas que se sentem amadas por meio desta linguagem, o fundamental é saber que o presente está sendo dado de coração, com a intenção realmente de agradar e deixar uma marca, fazendo com que esta se sinta lembrada, mesmo quando está ausente.

Gestos de serviço

Aqui o que você faz conta mais do que qualquer palavra. Formas de expressão como: lavar a louça, consertar a fechadura, levar o lixo para fora, levar o carro para lavar, entre outros atos de serviço, demonstram à pessoa o quão importante ela é para você, e, principalmente que você faz de tudo para vê-la feliz e realizada.

Assim, a minha dica aqui é que você fique atento às formas, aos serviços que você pode empregar às pessoas, fazendo com que elas sintam-se valorizadas e até mesmo motivadas por você. Além de amados, as chances de fazer estes indivíduos felizes é bem grande.

Toque físico

Beijos, abraços, cutucões com o cotovelo, mão no ombros, mãos dadas, entre outros gestos, representam essa linguagem do amor. Mais do que saber que o amor existe, algumas pessoas têm a necessidade de sentir fisicamente esse amor. Por isso, fazem questão de receberem carinho, por meio do toque, para que assim sintam-se também mais seguras.

Mas vale o lembrete: é importante saber se o outro também deseja receber amor dessa maneira, caso contrário, corre-se o risco de invadir o espaço da pessoa e dela acabar não gostando.

 

Na prática nós conhecemos bem cada uma destas linguagens e até nos valemos delas em nosso dia a dia. O que é importante é detectar qual a linguagem que a pessoa ao seu lado mais gosta: palavras de afirmação? Qualidade de tempo? Presentes? Gestos de serviço ou toque físico? Cada indivíduo possui sua linguagem principal e, mesmo que alguém diga “eu te amo” em alguma das outras quatro linguagens, a pessoa não identificará essa expressão de amor. Por isso é importante saber usar a linguagem correta e se exercitar dia após dia para conhecer os dialetos pelos quais a sua expressão é realmente absorvida.

ArautoFM




RADIO ARAUTO FM - VERA CRUZ
(51) 3718-3800 (estúdio)
(51) 3718-3400 (comercial)
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
RADIO ARAUTO FM - SANTA CRUZ DO SUL
(51) 2109-0066 (recepção)
Rua Venâncio Aires, esq. Galvão Costa, nº 5
Santa Cruz do Sul - CEP: 96810-204
Copyright © 2017 Rádio Arauto FM - www.arautofm.com.br